Archive for setembro, 2009

Impressão Digital: Você ainda vai falar muito deste assunto!

Me lembro de ter visto uma capa de Veja de 1995 que tinha como matéria principal uma frase semelhante à do título acima, só que falava da Internet!
É isso mesmo, a Internet era assunto de alguns especialistas em 1995 e hoje faz parte da nossa vida cotidiana.
Será que não vai ocorrer o mesmo com a Impressão Digital??

No último Sábado (26/09/2009) participei da apresentação do pré-projeto de um TCC que tem como tema as tendências da Impressão Digital e recolhi uma série de informações que me parecem relevantes e que quero compartilhar com vocês. Boa parte delas vieram do Hamilton Costa, um super especialista no assunto, que deu uma aula para todos os que estavam presentes. Obrigado Hamilton!
1) O Hamilton comentou que todos os produtos gráficos, salvo as embalagens, já têm um similar digital. Logo o negócio “gráfica” vai sofrer grandes modificações com as novas tecnologias ( o que já está acontecendo )
2) Outro comentário do Hamilton: mais do que o produto gráfico, o processo de comunicação está sofrendo grandes transformações. E aí o produto gráfico pode assumir novos papéis, como suporte a essa comunicação “global” e não como elemento isolado de comunicação.
3) Outro aspecto interessante é a discussão da interação entre o papel e outras mídias, que podem ser meios substitutos ou complementares no processo de comunicação
4) Já existem “cases” para apreciação: No encontro do PODi, foram apresentados os casos da Bandeirantes, da Fábrica de Livros e da FTD.
5) O Vander (do grupo do TCC) me apresentou uma notícia de 2008 que já falava da impressão digital de jornais estrangeiros (inclusive a Folha de São Paulo) em Portugal, com o detalhe que por conta do fuso horário o jornal lá chegava mais cedo do que aqui. Só que ainda era caro.
6) O mercado de livros deverá sofrer também grande influência destas novas tecnologias. As livrarias vão mudar. Ainda existem muitas incertezas.
7) Uma informação interessante: No começo desta década, a Microsoft previa que até 2010 não exitiriam mais livros em papel. Dá para ver que eles erraram longe, o que mostra que tudo o que se fala deve ser analisado com o devido cuidade

Vejam, isto foi só algumas pinceladas do que foi apresentado. E certamente com a minha interpretação dos fatos.

O fato é que, quem quiser ser alguém no mundo gráfico no futuro tem que acompanhar e se atualizar sobre este tema. Senão existe o risco de morte precoce por obsolescência!!!

Anúncios

30/09/2009 at 12:46 PM Deixe um comentário

Leitura Obrigatória para quem está implementando Mudanças

Foto_092909_001

Este livro é muito bom! Apresenta conceitos fortes e aplicáveis.

Eis alguns deles:

“Gerência é o processo para a solução de problemas surgidos devido às mudanças”

“Para gerenciar bem qualquer coisa, precisamos tomar decisões de qualidade a respeito de como resolver esses problemas e ser capazes de implementa-las com eficiência”.

Boa gerência é trabalho em equipe baseado em confiança e respeito mútuos, com cooperação e boa comunicação”.

29/09/2009 at 12:29 PM Deixe um comentário

Você já leu este texto? O vilão é o boi, não o Papel

Recebi este texto através de 2 fontes diferentes no último Sábado.

Ele saiu como editorial da Revista Publish e no Informativo “O Tipógrafo” de Campo Grande/MS. (Obrigado ao Caco da Ogra e à Bianca do Centro Gráfico Ruy Barbosa pelo material)

Leia, analise e tire as suas conclusões. Ah! E faça seus comentários aqui no Blog.
Boa Leitura!!

O VILÃO É O BOI, NÃO O PAPEL

Vamos colocar o dedo em uma velha ferida! Há mais de uma década a indústria papeleira tem sido apontada (injustamente) como um dos grandes vilões, quando o assunto é a preservação do meio ambiente. Pois vamos analisar de fato a questão.

Certamente você já deve ter recebido aqueles e-mails, onde abaixo da assinatura do remetente há uma singela mensagem dizendo: “Antes de imprimir, pense na sua responsabilidade com o Meio Ambiente”. Esta idéia é bastante equivocada e ingênua, associando a produção de papel com a destruição de florestas. Pois saiba que a realidade é muito diferente.

Segundo dados da Abigraf e de outras entidades do setor, 100% do papel utilizado para impressão no Brasil provém de áreas reflorestadas, além da reciclagem que agora é um fato em, praticamente, todo o globo.

Em 2007, um sério e alarmante estudo do Dr Rajendra Pachauri, presidente do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC), veio a público e apontou a maior causa do efeito estufa: a produção mundial de carne bovina. Isso mesmo! A pecuária é a verdadeira responsável, mais do que todo o setor de transporte do mundo, pelo aumento no buraco da camada de ozônio e pelo efeito estufa. Graças a isso, o Dr Rajendra dividiu o Prêmio Nobel da Paz daquele ano, com o próprio Al Gore, que também vem apontando causas para o desastre ecológico que está destruindo o nosso planeta.

Segundo estudos recentes, cerca de dois terços da área cultivável do mundo está destinada à pecuária. O que representa a devastação de florestas para criação de pastos, cada vez maiores, para atender ao crescente consumo mundial de carne. Ocorre que, ao derrubar florestas, o mato colocado em seu lugar não consegue produzir a mesma quantidade de oxigênio, nem tampouco filtrar uma ínfima parte do gás carbônico que era processado pela mata original. Além disso, o mato rasteiro faz com que a temperatura mundial suba, pois não consegue refrigerar o ar, tal como ocorre com áreas cobertas por árvores de grande porte.

Mas o mais impressionante ainda está por vir…

Um único boi, solto no pasto, produz cerca de cinco toneladas de CO2, todos os anos. E este número inclui a flatulência, os restos da ruminância e, naturalmente, as fezes que continuamente produzem metano. É o mesmo que dizer que um único animal solta na atmosfera o equivalente ao peso de dez carros populares em termos de poluição.

E como nunca se soube disso?
Imaginem que o lobby da indústria da carne e da indústria de leite e seus derivados têm feito o possível para relativizar estes dados. Em números totais, são indústrias muito maiores do que as produtoras de papel e celulose, tendo muito mais poder e influência junto aos governos e toda a sociedade.

Não se quer colocar a questão de modo simplista, fazendo com que a carne seja colocada contra o papel. Não se trata disso. É preciso que cada pessoa saiba que, ao consumir um delicioso bife, está afetando a natureza muito mais do que estaria ao usar o papel para se comunicar.

É um raciocínio simples: para produzir papel florestas são plantadas, muitas vezes em áreas que haviam sido destruídas pelo manejo precário e pela erosão. Tais florestas produzem oxigênio e contribuem para reduzir a temperatura do planeta. Isto é, elas neutralizam qualquer carbono que é resultante da fabricação do papel. E ainda há um excedente de oxigênio no processo. Esteja certo disso.

Mas é possível produzir carne, sem que esta tragédia aconteça. Experiências nos Estados Unidos, Canadá e Europa, comprovam que o manejo confinado de bovinos preserva florestas e permite que o metano gerado seja captado como forma de energia alternativa. Basta que haja boa vontade e investimento que muitos pecuaristas não estão dispostos a fazer.

E é isso justamente o que tem feito a indústria papeleira durante todo esse tempo, buscando alternativas e produzindo papel de modo consciente e sustentável.

Portanto, se você trabalha com comunicação, design e artes gráficas, pode ficar tranqüilo e continue produzindo impressos. Mas reduza o número de amigos que chama para comer aquele churrasco, ok?

Aliás, faça mais. Coloque no final de suas mensagens de e-mail a frase: Pode imprimir, que ajuda o meio ambiente e cria mais empregos!

Como dica adicional, plante ao menos uma árvore neste ano, pois você sozinho, precisa de duas árvores grandes para neutralizar o carbono produzido por sua própria respiração.

28/09/2009 at 12:06 PM 1 comentário

Qual o caminho do Tecnólogo Gráfico? Parte 4: Onde estão as carências do mercado?

Durante esta semana, fui procurado por um aluno que se mostrava em dúvida sobre a sua atuação como tecnólogo gráfico na área comercial. Seu questionamento era sobre qual a área da empresa onde ele poderia ser melhor aproveitado, e é evidente, onde teria maior reconhecimento.

Uso este exemplo para comentar que, na minha opinião, a valorização do profissional anda lado a lado com as carências do mercado. É óbvio! Onde estiverem as maiores carências, estarão as melhores oportunidades e os maiores reconhecimentos…

Pensando no setor gráfico, onde estão as maiores carências nas quais o perfil do tecnólogo gráfico se encaixa?

Entendo que o tecnólogo gráfico é aquele que consegue enxergar os problemas sob dois ângulos: o técnico e o de gestão.

E aí verifico o quanto o nosso mercado é carente! Faltam técnicos qualificados nas fábricas, para avaliar os problemas do dia a dia; faltam vendedores técnicos que saibam o que estão vendendo; faltam técnicos na empresas fornecedoras de insumos que dêem o suporte que as gráficas (principalmente as menores) precisam; faltam técnicos para oferecer treinamento. Falta muito de tudo!!!

O Brasil tem apenas cerca de 450 tecnólogos gráficos e um mundo de oportunidades. Tenho certeza de que os bons tecnólogos tem tudo para se dar muito bem no mercado. Existem várias opções!!

Você concorda? Faça o seu comentário!

25/09/2009 at 12:31 PM Deixe um comentário

Frases (1)

“Tudo deve ser feito tão simples quanto possível, mas não mais simples que isso”
Atribuído a Einstein

“Tecnologia é a resposta, mas qual era mesmo a pergunta?”
Cedric Price (1979)

“Se você não tem uma estratégia, você é estratégia de alguém”
Atribuído a Peter Drucker

24/09/2009 at 1:37 PM Deixe um comentário

Instalações Industriais – Material de Apoio – Carta de Interligações Preferenciais

Esté é o formulário para trabalhar com o posicionamento das áreas não produtivas na fábrica. É a nossa próxima atividade no trabalho de IIN.

Carta de Interligações Preferenciais

24/09/2009 at 1:09 PM Deixe um comentário

Notas de Aula – Gestão de Recursos – Partes 1 e 2

Notas de Gestão de Recursos 2o sem 2009 – Partes 1 e 2

23/09/2009 at 10:52 AM Deixe um comentário

Posts antigos


setembro 2009
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Participe com seus comentários!!! Divulgue o blog!! Vamos criar mais um fórum de debates da indústria gráfica!

Tópicos recentes

Feeds