Archive for setembro, 2010

Nova inteligência pedagógica empresarial – Texto de José Luiz Tejon (HSM Online)

Luiz Tejon fala sobre a nova inteligência pedagógica, que nasce no fazer, sentir e por fim pensar. Confira!

Quando Ford revolucionou o processo industrial criando a linha de montagem, serviu-se brilhantemente do modelo pedagógico da sua época: segmentar o conhecimento; ensinar a repetir do mesmo e buscar uma alta produtividade na mesma coisa, onde apenas o alto dirigente possuía a visão do todo. O mundo era muito mais lento e a síntese da estratégia era inventar algo e praticar a repetição do mesmo modelo.

A educação era para poucos. Mas o mundo já começava a mudar numa velocidade muito superior aos tempos das carroças. Deming, o americano que criou outra inteligência pedagógica empresarial, revolucionava o Japão, com o conceito da Qualidade Total. Vi o Kanban ser introduzido na Jacto S/A pelo seu fundador Shunji Nishimura, em 1979.

Por trás das discussões dos cinco por quês, vinha uma poderosa inteligência pedagógica empresarial. Um novo sistema que integrava do pedido do cliente à ordem de entrega dos fornecedores. Na fábrica da NSK, por exemplo, podemos assistir a um verdadeiro “show” dessa pedagogia. Se uma operação falha, a fábrica inteira para.

Saímos do compartimento, do olhar de uma particular área ou máquina, para a gestão total. De Ford, passando por Deming, e com as novas visões da “cadeia produtiva”, num acelerado mundo fracionado, estamos hoje sem uma nova inteligência pedagógica empresarial clara e consciente nos modelos de negócios para o século XXI.

Tratamos de gestão por competências, as áreas de RH realizam esforços consideráveis sobre o clima, formação, plano de carreira, identificação de talentos e de lideranças. Mas de fato o que ocorre é a distância considerável entre a convicção da importância de uma nova inteligência pedagógica por parte da alta direção e o que deveria ser um dos principais conhecimentos para a moderna administração de negócios.

Na escola não conseguimos ensinar à moda antiga. Precisamos agora muito mais do talento humano para aprender a aprender rapidamente num planeta globalizado, onde cerca de 97% das empresas vencedoras são aquelas que copiam e adaptam com inovações, o que outras conseguem inventar mas que são lentas para usufruir.

A pedagogia antiga tratava do pensar – fazer para depois sentir (se é que alguém chegava um dia a sentir). A nova inteligência pedagógica empresarial nasce no fazer – sentir e por fim pensar. Isto quer dizer: contatos totais e instantâneos com as distintas e múltiplas realidades. O fazer, sentir e pensar vão ficando cada vez mais integrados num movimento atômico. Esta nova dinâmica exige a formação de seres humanos apaixonados pela mudança e com capacidade criadora. A nova inteligência pedagógica empresarial representa a arte do “aprender a aprender”. O futuro não é mais criado pelo presente. O futuro é criado pelo que vamos aprender no futuro. Isso quer dizer: o presente já é o futuro.

José Luiz Tejon (Mestre em arte e cultura pela Universidade Mackenzie Doutorando em Ciências da Educação. Professor da ESPM e FGV Consultor, escritor e ex- Diretor do Grupo O Estado de São Paulo. Presidente da TCA Internacional.

HSM Online

Anúncios

30/09/2010 at 10:52 AM Deixe um comentário

Sugestão de Leitura: Como as Gigantes Caem – Jim Collins

É um livro muito interessante, escrito por um autor que merece respeito, sobre o processo de decadência de grandes corporações.

Vale a pena ser lido ( e estudado! )

29/09/2010 at 11:27 AM Deixe um comentário

Gestão de Recursos 1 – 1º Semestral – Notas de Aula – Parte 2

Vejam o material anexo. Ele será utilizado nas aulas a partir do dia 05 de Outubro. O material também estará disponível no portal da Faculdade

Notas de Gestão de Recursos 1 2o sem 2010 – Parte 2

28/09/2010 at 11:23 AM Deixe um comentário

Realidade Aumentada: Mais um vídeo interessante!!

Vejam mais uma utilização da Realidade Aumentada na Publicidade

É um vídeo sobre a utilização de realidade aumentada em um anúncio de revista para o Lançamento do Mini Cooper.

(Obrigado Barbara, pelo envio do vídeo)

http://www.youtube.com/watch?v=HTYeuo6pIjY

27/09/2010 at 10:54 AM 1 comentário

Reflexões para a Indústria Gráfica (Citações de Joe Webb) – Parte 3

“Entender o custo total do cliente, e como o material impresso pode ser usado para influenciar ( e reduzir ) o volume total de custos, é fator crítico de sucesso para o desenvolvimento de uma estratégia de negócios que funcione no atual ambiente de mudanças”

“ Lembre-se, quando um vendedor vai a um cliente ele está vendendo três coisas: ele mesmo, seus produtos e sua empresa. Se o cliente não estiver feliz com o “pacote” inteiro, independente do “Manual de Negócios”, a venda não acontece”

“Ter um plano para se livrar dos equipamentos improdutivos da sua fábrica ( e as dívidas associadas a eles, se houverem) é essencial em épocas de mudança de mercado”

“A cada vez que um tipo de produto migrar para uma forma eletrônica, entenda o porque isso aconteceu e procure vantagens nas oportunidades de negócio que esta migração pode trazer”

“Conheça perfeitamente os seus custos; como estes custos são criados e o que você espera ganhar ao efetua-los”

24/09/2010 at 8:16 AM Deixe um comentário

Frases de Mario Sergio Cortella em sua entrevista para a HSM Management

“O educador Paulo Freire, com quem trabalhei 17 anos, dizia que a prática de pensar a prática é a única maneira de pensar certo”

“Chegar ao topo e ser reconhecido é agradável, mas a questão é o que se teve de deixar de lado para chegar lá, incluindo a diversidade de vida e, mais, o essencial à vida. Se a pessoa abandona o essencial, ela perde a identidade.”

“O essencial é o mesmo para todos. É aquilo que não pode não ser, aquilo que dá sentido à minha vida – na dupla acepção do termo, significado e direção-, ou seja, amizade, lealdade, religiosidade, sexualidade, felicidade, fraternidade, honestidade. Precisamos de sentido para o que fazemos enquanto não morremos, para que a vida não seja vazia e desperdiçada. Difere do fundamental, que apoia o essencial, como carreira e dinheiro.”

“Nossa vida é marcada pela pressa, não pela velocidade. Esta requer deixar as pessoas em estado de atenção permanente, enquanto a pressa é deixa-las em estado de tensão permanente, como as empresas vêm fazendo. Há um prazo de validade para isso, porque leva a em esgotamento grande demais das pessoas”.

23/09/2010 at 2:10 PM Deixe um comentário

Curso: Custos e Formação de Preços – Flávio Botana – ABTG – 09 e 16 de Outubro de 2010

No próximo mês de Outubro, nos dias 09 e 16 (Sábados) darei o curso de “Custos e Formação de Preços” na ABTG.

O horário é das 9:00 às 16:00 com intervalo das 12:00 às 13:00 para almoço.

Tenho recebido feedbacks bastante positivos em relação ao curso!

Participem. Inscrições na ABTG – Telefone (11) 2797 6700 ou no site http://www.abtg.org.br

22/09/2010 at 10:35 AM Deixe um comentário

Posts antigos


setembro 2010
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
Participe com seus comentários!!! Divulgue o blog!! Vamos criar mais um fórum de debates da indústria gráfica!

Tópicos recentes

Feeds