Cultura organizacional: tão importante quanto perfil da vaga, salário e benefícios – Texto de Amanda Moura – (Fonte: oglobo.globo.com)

27/07/2012 at 12:03 PM Deixe um comentário

Profissionais analisam como o candidato a um emprego deve avaliar os valores de uma empresa 

A cultura de uma empresa, de certa forma, é a sua personalidade. Por isso, ter afinidade com o que a organização “pensa” não é um mero detalhe. Para evitar conflitos futuros, analisar os valores da corporação pode ser tão importante quanto avaliar o perfil da vaga ou a a remuneração.

— O bom salário, os benefícios e todas as outras vantagens vão ser ótimos no início, mas depois não serão suficientes para motivar o profissional. Pessoas com princípios muito diferentes do da empresa sofrem uma pressão enorme e não conseguem render o necessário, o que acaba sendo ruim, tanto para o profissional quanto para a corporação. Quando alguém se sente parte de uma cultura, defende e valoriza a empresa, ninguém precisa pedir — afirma o consultor em gestão de pessoas Eduardo Ferraz.

Sandro Gatto, gestor de RH da Sankhya, empresa especializada em gestão tecnológica, acredita que logo na seleção o profissional e o empregador devem entender se há conexão entre as ambições profissionais de ambos os lados.

— O capital intelectual de uma empresa é essencial para o crescimento da mesma. Se entendemos que a pessoa não tem alinhamento com a cultura organizacional, não tem nem como começar — analisa Gatto.

Caso o profissional, mesmo não tendo identificação com a corporação, seja contratado, quais os efeitos colaterais que poderiam ser sentidos no ambiente profissional? Para Patrícia Moura, assistente de RH do escritório de advocacia Chalfin, Goldberg & Vainboim, o rendimento da pessoa será afetado, comprometendo, assim, a produtividade da empresa.

— As relações interpessoais, fatalmente, também sofrerão interferência negativa, pois não haverá conexão entre as ideias da equipe e as dessa pessoa, principalmente em relação ao gestor — analisa ela.

Para evitar consequências danosas tanto para o profissional quanto para a empresa, Ferraz aconselha que se tenha esta preocupação ao analisar o local aonde a pessoa pretende trabalhar.

— Sugiro que, ao participar de um processo de seleção, o candidato procure saber antecipadamente, mesmo de maneira informal, como é o ambiente corporativo, como são as pessoas, qual o ritmo de trabalho, como se medem resultados, o que é bem ou mal visto, que estilo de profissionais são promovidos, como são os chefes e assim por diante.

http://oglobo.globo.com/emprego/cultura-organizacional-tao-importante-quanto-perfil-da-vaga-salario-beneficios-5602636

Anúncios

Entry filed under: Gestão.

ABRE (Associação Brasileira de Embalagem) REALIZA ESTUDO ESTRATÉGICO SOBRE SETOR DE EMBALAGEM – Sustentabilidade vista pela indústria – Estudo CNI (Fonte: www.hsm.com.br)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


julho 2012
D S T Q Q S S
« jun   ago »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Participe com seus comentários!!! Divulgue o blog!! Vamos criar mais um fórum de debates da indústria gráfica!

Tópicos recentes

Feeds


%d blogueiros gostam disto: