Archive for 07/10/2011

Jeffrey Pfeffer: Resultados extraordinários e pessoas comuns (Fonte: www.hsm.com.br)

Professor da Stanford Graduate School of business questiona os participantes se eles sabem avaliar gastos e lucros

A vantagem competitiva através de pessoas tem sido pauta em muitas empresas e departamentos de recursos humanos. A criação de valores corporativos baseados nas atitudes de um time alinhado e com uma cultura empresarial forte e coesa é o sonho de toda corporação.

O professor Jeffrey Pfeffer, especialista em comportamento organizacional e um dos maiores especialistas em gestão de pessoas no mundo, acredita que a deficiência está nos valores claros e nas expectativas que regem a gestão empresarial.

Para ele, conseguir vantagem competitiva contando com as pessoas que tocam a empresa é deficitário porque as organizações não fazem o que deviam e não tratam o assunto com a devida importância. “É preciso criar uma cultura de gestão baseada em evidências e objetivos claros”, diz o professor.

Como mudar a cultura da sua organização

“Você precisa estar no setor e indústria certa, conquistar o poder de mercado, ser grande como em fusões, atuar com tecnologia adequada e reduzindo custos para aumentar lucros.”

Entretanto, Jeffrey Pfeffer alerta para a importância que ser um gestor eficiente, afinal, “se as pessoas são o seu ativo mais importante, porquê colocá-las para fora?”. O professor explica que muitas empresas avaliam lucro e custos de maneira errada.

Efeitos do Downsizing (enxugamento)

Um estudo realizado pela Standard & Poor, realizado por Wayne Cascio, verificou que o downsizing não aumentou a lucratividade, nem pelo retorno de ativos ou pela rentabilidade das ações.

“Pense que uma postura como essa em um proceso de fusão, por exemplo, pode levar a uma série de problemas, tais como, clima organizacional ruim, sobrecarga de trabalho, provocando até o adoecimento de muitos funcionários”, alerta o professor.

Outros dados interessantes apresentados pelo professor é que segundo uma pesquisa realizada com 720 empresas, mais de 1/3 recontratam os funcionários demitidos, tanto como mão de obra temporária como terceirizada. Além disso, mais de 2/3 dessas empresas voltarão a recorrer às demissões no ano seguinte com a ilusão de redução de custos e aumento de lucro.

“Mais de 56% dessas empresas recontratam funcionários pós-fase de demissões. Pense da seguinte maneira: quando você demite pessoas você rompe uma rede colaborativa entre os funcionários. Isso é uma fonte de sucesso para sua empresa?”, questiona Pfeffer.

Portal HSM

Anúncios

07/10/2011 at 10:49 AM Deixe um comentário


outubro 2011
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Participe com seus comentários!!! Divulgue o blog!! Vamos criar mais um fórum de debates da indústria gráfica!

Tópicos recentes

Feeds