O Executivo Superficial e a Falta de Assunto – Texto de Renato Ricci (Fonte: http://exame.abril.com.br/rede-de-blogs)

06/05/2011 at 10:39 AM 1 comentário

Quando termina a reunião e os temas técnicos e financeiros foram esgotados começa o martírio de alguns executivos. Continuar a conversa mantendo vivo e interessante o teor da mesma, é um desafio. O assunto que se inicia não é de seu domínio. Política, filmes premiados, alguma propaganda inovadora, um livro recém listado pelo The New York Times, ou apenas amenidades. Um sorriso amarelo e saídas clássicas como “acho que li algo sobre isto na internet”. Começa a entrada perigosa na área da superficialidade.

O quanto é importante para um executivo ou gestor de negócios estar antenado ao mundo? A resposta é MUITO. A geração Y deixou para trás a leitura. A informação rápida e on time está contida em todas as partes, web, celulares, tablets, etc. A curta informação não pode ser confundida com superficialidade. Ler e assistir conteúdo adequados aos ambientes onde estas pessoas vivem é muito importante para tornar-se um profissional diferenciado. Algumas desculpas são clássicas, a mais comum é a falta de tempo.
Para fugir do terreno perigoso da falta de assunto eu sugiro:

1. leia no mínimo dois jornais (um nacional e um internacional) por dia – pode ser sua versão eletrônica;
2. fique atento a que livros estão sendo lançados, visite uma livraria com calma pelo menos uma vez por semana;
3. assista vídeos via web sobre assuntos gerais (fuja dos conteúdos duvidosos e sem qualidade);
4. crie um desafio de aprender sobre um assunto novo por semana;
5. fale com as pessoas sobre este assunto;
6. se seus colegas e amigos falam menos que você e são superficiais, troque, pelo menos algumas vezes, de parceiros;
7. leia um livro por mês pelo menos;
8. assista algum programa de conhecimentos gerais de bom nível na TV;
9. divirta-se com seus novos conhecimentos e incentive outros a fazerem o mesmo;
10. comece lendo o Blog da Exame.

Boas conversas!!!

Renato Ricci
tem atuado como consultor, coach e palestrante nos últimos 20 anos. Seu foco é gestão positiva, o mesmo tema deste blog. Escreveu vários livros sobre gestão e carreira, entre os quais Liderando na Crise (NewBook) e Daring To Be Different (Quality Press). renato@renatoricci.com.br

Anúncios

Entry filed under: Geral.

Síndrome de realeza – Texto de Abraham Shapiro (voltado aos herdeiros de empresas familiares) – Fonte: www.hsm.com.br “Boas Impressões”: Entrevista do Prof. Pires com Flávio Botana

1 Comentário Add your own

  • 1. J.C.Cardoso  |  06/05/2011 às 10:46 AM

    Isso é muito comum na minha profissão – jornalista. Até mesmo por força da própria profissão.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


maio 2011
D S T Q Q S S
« abr   jun »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Participe com seus comentários!!! Divulgue o blog!! Vamos criar mais um fórum de debates da indústria gráfica!

Tópicos recentes

Feeds


%d blogueiros gostam disto: