Archive for 20/12/2010

2011: Facebook propõe nova revolução na rede (HSM Online)

A maior rede social do mundo anuncia a nova plataforma de comunicação que agrega ferramentas de mensagens instantâneas, redes sociais e e-mail em um único sistema. Mas o que tudo isso irá trazer de benefício para as empresas?

Não é apenas um e-mail e sim a criação de uma plataforma que visa remodelar o modo como enviamos e-mails e conciliamos os conteúdos gerados por mensagens instantâneas e atualizações das redes sociais. É assim que Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, define o novo produto, chamado Messages.

A proposta inicial é a de integrar e não substituir. Rumores apontavam que a empresa lançaria o produto para competir com os gigantes Google, Hotmail e Yahoo. Entretanto, o CEO explica que a evolução das empresas que oferecem sistemas de e-mails aos usuários podem, no futuro, colidir com as propostas da companhia.

Em entrevista à HSM Online, Leandro Kenski, CEO da Media Factory, comentou sobre a nova plataforma. Confira!

Portal HSM: Como vai funcionar essa nova plataforma de comunicação do Facebook?
Leandro Kenski: Trata-se de um serviço que integra e-mail a outros serviços, como chat e SMS, centralizando as conversas em um único histórico e em um novo formato que deve estimular outros mercados devido sua praticidade e diferencial.

Portal HSM: De que modo a empresa vem trabalhando essa nova proposta?
LK: O serviço de messaging da rede social prevê atender todos os usuários do Facebook, que já somam 350 milhões de pessoas que movimentam 4 bilhões de mensagens trocadas diariamente dentro da rede. O perfil de uso do internauta, geralmente, é de usar o serviço para conversas. Assim, a proposta é oferecer a esses usuários um endereço @facebook.com como um agregador de conteúdo independente do canal emissor (SMS, messaging interno ou e-mail), propondo ao usuário o agrupamento das mensagens em uma única conversação, dando, inclusive, suporte a anexos. Nos Estados Unidos, o novo sistema do Facebook começará a ser liberado ao longo dos próximos três meses, mediante convites.

Portal HSM: Como isso pode mudar ou afetar o uso das redes sociais?
LK: A estratégia do Facebook é muito ambiciosa, principalmente porque o e-mail tradicional já é quase um ancião do mundo da informática. E outro ponto importante para destacar é que o protocolo do correio eletrônico foi criado há, pelo menos, 20 anos, e, portanto, é um dos mecanismos das redes sociais que precisa evoluir. A dúvida é se o grau de engajamento dos usuários aumentará e, caso a ideia der certo, isso fará com que eles demandem essa agregação para outros canais e empresas. No entanto, é preciso se atentar que há a barreira das grandes corporações, que preferem ferramentas mais tradicionais.

Portal HSM: Como as empresas podem usufruir dessa plataforma ou do Facebook, de maneira geral?
LK: A elevação da presença digital nas organizações é um dos principais desafios para que elas realizem campanhas integradas de redes sociais com foco no aumento de visibilidade e branding online. E esta nova plataforma pode criar um canal de comunicação direto com o cliente, otimizando o relacionamento e aumentando o engajamento com a marca.

Portal HSM: Na sua opinião, por que o Facebook deu tão certo?
LK: O Facebook trouxe uma maneira fácil de manter os vínculos sociais com seus amigos e conhecidos. Além disso, trata-se de uma plataforma em que vários desenvolvedores criam aplicativos que podem ser utilizados pelos seus usuários dentro da própria rede social. Essa foi a maior ruptura em relação as redes sociais já existentes nos EUA, como MySpace e Friendster. Além disso, essa facilidade de acesso fez com que surgissem empresas desenvolvedoras de aplicativos que viraram febre no Facebook, como os jogos da Zynga, como o Farmville, Mafia Wars e outros, e que são utilizados por centenas de milhões de usuários ao redor do mundo.

Facebook em números

– Trata-se da terceira maior companhia de internet dos EUA, atrás apenas de Google e Amazon.

– Mesmo com capital fechado, a companhia atualmente tem valor de mercado estimado em U$$ 41 bilhões, segundo a Bloomberg.

– O facebook reúne hoje mais de 500 milhões de usuários, sendo que mais de 350 mi utilizam os serviços de mensagens e geram mais de 4 bilhões de mensagens por dia.

– A nova plataforma de comunicação levou 15 meses para ser desenvolvida e contou com uma equipe de 15 engenheiros que trabalharam no novo produto.

HSM Online

20/12/2010 at 10:49 AM Deixe um comentário


dezembro 2010
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Participe com seus comentários!!! Divulgue o blog!! Vamos criar mais um fórum de debates da indústria gráfica!

Tópicos recentes

Feeds