“Matriz SWOT” do Brasil – Revista HSM Management

14/10/2010 at 9:11 AM 1 comentário

Na última edição da revista HSM Management, foi publicada uma matéria chamada “Matriz SWOT” do Brasil, que é muito interessante por não ter sido elaborada internamente, mas sim por uma instituição americana (Wharton School) o que , a princípio, daria uma maior neutralidade à análise.

Vejam alguns trechos da matéria:

FORÇAS E OPORTUNIDADES:

– Boas doutrinas para a estrutura político-econômica brasileira foram estabelecidas pelo governo FHC, na década de 1990, incluindo metas inflacionárias, taxa de câmbio flutuante e excedentes fiscais primários (isto é, o excedente antes de ser feito o pagamento de juros das dívidas de serviço).

– Em vez de rejeitar o que fez o governos anterior, de outro partido (o que era habitual na política brasileira), Lula consolidou e aprofundou o modelo de várias maneiras: deu mais autonomia operacional ao Banco Central, aumentou a meta para o excedente fiscal primário, “desdolarizou” a dívida pública, formou um grande “amortecedor” com reservas em moeda estrangeira para reduzir as vulnerabilidades externas – o Banco Central pôde oferecer liquidez em dólar em plena crise financeira global para empresas que precisavam de refinanciamento. As políticas de flutuação administrada de câmbio do País também funcionaram bem.

– O País tem grande e crescente mercado doméstico – suas exportações representam menos de 15% do PIB. Esse percentual é menor que o da maioria dos outros mercados emergentes, e a demanda local tem sido sustentada por reduções tarifárias focadas e um ciclo de alívio monetário.

– A força de trabalho do Brasil tem aumentado e está entre os principais fatores que levarão ao consumo doméstico no médio e longo prazos.

– A expectativa de que não haja mudanças radicais no cenário político, apesar das eleições presidenciais – ou seja, a estabilidade política percebida – é considerada outro fator positivo, que aumenta a resiliência internacional do País.

FRAQUEZAS E AMEAÇAS

– O lado “eleitoreiro e populista” de Lula, que levou ao “crescimento explosivo” dos gastos do governo e pode representar uma “erosão da prudência macroeconômica”, é uma razão de preocupação.

– É incômoda a lentidão, ou o gradualismo, das reformas necessárias para reduzir o custo Brasil – o custo adicional de fazer negócio no País em razão da infraestrutura sofrível, estruturas tributária e trabalhista problemáticas, etc

– Há uma “desvantagem” cultural. Tornar-se global pode ser difícil para empresas brasileiras, porque, segundo experts, ainda prevalece no Brasil a cultura de “olhar para dentro”.

Leiam a matéria completa na revista HSM Management – nº 82. Vale a pena!!

Anúncios

Entry filed under: Geral, Gestão.

Decisões assertivas para negociações eficazes – Carlos Alberto Júlio (HSM Online) Programação das Apresentações dos TCC’s – Faculdade Senai de Tecnologia Gráfica – 2º Semestre 2010

1 Comentário Add your own

  • 1. Lincoln Nunes  |  20/11/2010 às 12:32 PM

    Fávio, bom dia..
    Muito bom o conteúdo da reportagem. Seria interessante saber a opinião da revista em relação a que reformas deveriam ser realizadas e em que setores e ordem, focando o tema do custo Brasil. Vários são os indicadores mas no caso específico deste tema, quais indicadores prevaleceriam e gerariam maior impacto para criar uma descentende estável para o indice?
    Grato
    Lincoln Nunes

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


outubro 2010
D S T Q Q S S
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Participe com seus comentários!!! Divulgue o blog!! Vamos criar mais um fórum de debates da indústria gráfica!

Tópicos recentes

Feeds


%d blogueiros gostam disto: