Você tem inteligência emocional? – Entrevista de Carlos Cruz

22/04/2010 at 11:20 AM 2 comentários

Confira a entrevista com Carlos Cruz, Diretor da UP Treinamentos & Consultoria, sobre a importância da inteligência emocional na carreira

Saber lidar com as emoções no dia-a-dia nas empresas é quase que matar um leão por dia. Ter controle destas emoções e ser emocionalmente inteligente mobilizando as emoções de maneira estratégica para alcançar as metas é questão de sobrevivência. Em entrevista ao portal HSM Online, Carlos Cruz, Coach Executivo e de Equipes, explica que o profissional que possui inteligência emocional consegue reconhecer, aceitar, escolher e gerenciar o que sente durante as mais diversas situações. Confira.

HSM Online – Como podemos definir inteligência emocional?
Carlos Cruz – Um profissional emocionalmente inteligente consegue mobilizar suas emoções estrategicamente para alcançar suas metas. Para isso, ele consegue reconhecer, aceitar, escolher e gerenciar o que sente durante as mais diversas situações. Conheço muitas pessoas que deixaram de alcançar melhores resultados por terem perdido o equilíbrio em determinado momento. Quem nunca teve vontade de mandar tudo para o ar? Acredito que a maioria de nós. O importante é saber que isso pode nos aliviar na hora, mas será que não trará problemas depois?

HSM Online – Atualmente, podemos dizer que existem poucos profissionais com esta ‘competência’? Por que? Aliás, podemos chamar a inteligência emocional de competência?
Carlos Cruz – As novas gerações apresentam uma grande similaridade no que diz respeito à sua formação técnica. Muitos já possuem graduação, pós-graduação e MBA por volta dos 28 anos, mas ainda continua difícil encontrar quem sabe controlar suas emoções em busca de objetivos pessoais que estejam alinhados aos interesses da empresa. A inteligência emocional pode ser desenvolvida, por meio de trabalhos que envolvem algumas competências do indivíduo, ou seja, características mensuráveis que diferenciam o nível de desempenho de uma pessoa em determinada situação como, por exemplo, a flexibilidade, a capacidade de gerenciar conflitos e comunicação.

HSM Online – Como reconhecemos um profissional com Inteligência Emocional? Quais são as principais características? E o contrário?
Carlos Cruz – É importante destacar que todos possuem Inteligência emocional, alguns num nível mais desenvolvido e outros menos. O desafio está em desenvolver essa inteligência incessantemente para alcançar melhores resultados em todos os aspectos. Esses resultados podem ser conseguidos aumentando a lucratividade do negócio em que atua ou ter mais bem estar.

HSM Online – E como é possível se desenvolver nestes aspectos?
Carlos Cruz – Durante os trabalhos de Coaching, procuro me basear no modelo criado por Daniel Goleman e Richard Boyatzis. Por isso, costumo trabalhar cinco áreas distintas:

1 – Eu me conheço – É a área do autoconhecimento, a sinceridade que cada um tem consigo mesmo para avaliar as suas habilidades de maneira verdadeira, abrindo-se para feedbacks, para reconhecer como as suas emoções afetam seu desempenho e a ligação entre o que pensa, sente e sua maneira de agir. Pare alguns minutos antes de enfrentar um desafio que gere alguma tensão emocional e pergunte-se: Qual é a emoção que estou sentindo neste momento? Como eu posso pensar e agir diferente nesta situação?

2 – Eu me gerencio – Aqui busco trabalhar o autocontrole, que permite a pessoa pensar antes de agir, conseguindo, assim, administrar seus impulsos para não explodir e depois se arrepender. Ter a capacidade de adaptar-se as situações para alcançar um objetivo, além de flexibilidade e foco em momentos de pressão são exercícios do autogerenciamento. Tenha sempre um objetivo em mente e pense quais seriam os passos para alcançá-lo. Pergunte-se freqüentemente: Qual comportamento construtivo eu posso ter agora para alcançar meu objetivo?

3 – Motivação – É fundamental os indivíduos terem um propósito, um motivo para agir. Estar pronto para agarrar as oportunidades, superar os obstáculos e aprender com eles para seguir em frente é muito importante. Saiba que o fracasso é um julgamento em curto prazo e trabalhe constante e incessantemente em busca de resultados positivos. Mobilize pessoas para alcançar a realização. Uma pessoa motivada é sinal de iniciativa e persistência. Reflita: suas decisões são motivadas pelo medo de perder ou pela esperança de ganhar? O que você precisa fazer para alcançar seu objetivo?

4 – Eu conheço os outros – Aqui peço para as pessoas olharem para suas equipes e para as pessoas ao seu redor. É preciso mostrar sensibilidade a perspectiva alheia, buscar maneiras de conquistar a confiança e aumentar o nível de satisfação dos outros. Enxergar as diferenças como oportunidades de desenvolvimento faz toda a diferença. Nesta área se avalia a capacidade de se colocar no lugar do outro, compreendê-lo e entender verdadeiramente o que se passa com ele. Faça uma lista das qualidades, talentos e dificuldades das pessoas ao seu redor. Identificar as pessoas que tem poder e influência nos relacionamentos com a sua equipe pode ajudar no seu próprio posicionamento. Pense também nas ideias pré-concebidas que você tem do seu chefe, clientes e liderados.

5 – Eu gerencio os outros – Aqui exercitamos a liderança situacional, gerenciamos conflitos, colaboramos e trabalhamos em equipe, construímos alianças e desenvolvemos os outros. Nesta área pode-se observar a capacidade de lidar com pessoas difíceis. Desafiar o status quo, ou seja, a maneira como as coisas são é uma forma de avaliar como você gerencia os outros. Aproveite para refletir sobre algo importante que deseja comunicar e se pergunte: O que é mais importante nesta mensagem para mim? E para os outros? Pense, ainda, se existe uma melhor maneira de dizer o que deseja.

HSM Online – Para você, qual é um bom exemplo de controle emocional ocorrido recentemente?
Carlos Cruz – A crise financeira já ficou no espelho retrovisor, mas foi um bom exemplo de uma situação que exigiu muito controle emocional. Por conta de um movimento de mercado, meses antes da crise a bolsa de valores era tida com um ótimo lugar para aportar investimentos. Por isso, muitas pessoas acabaram comprando papéis por impulso, sem estudar suas ações ou realizarem qualquer tipo de planejamento. Com as quedas vertiginosas das bolsas em todo o mundo, os investidores impulsivos sofreram muito mais do que aqueles que sabiam o que estavam fazendo. Isso nos deixa claro que, por mais assertivas que possam parecer no curto prazo, não podemos tomar atitudes pautadas apenas pelo “calor do momento”.

HSM Online

Anúncios

Entry filed under: Gestão.

Livro interativo limita capacidade de imaginação, diz diretor da Feira de Frankfurt – Entrevista de Juergen Boos para Marina Lang da Folha de São Paulo Datas das apresentações dos TCC’s – 8o. Semestral – 1o. semestre de 2010

2 Comentários Add your own

  • 1. andersonop  |  04/04/2012 às 5:03 PM

    Muito bom o artigo!

    Sugiro ainda entrevista realizada com o Cleyson Dellcorso sobre a Inteligência Emocional na Formação de Líderes e Equipes 


    
O PodCast está no seguinte link: http://bit.ly/HeAH5c 



    Abraços 
Anderson

    Responder
  • 2. andersonop  |  04/04/2012 às 5:04 PM

    Muito bom o artigo

    Gostaria de compartilhar uma entrevista realizada com o Cleyson Dellcorso sobre a Inteligência Emocional na Formação de Líderes e Equipes 


    
O PodCast está no seguinte link: http://bit.ly/HeAH5c 



    Abraços 
Anderson

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


abril 2010
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Participe com seus comentários!!! Divulgue o blog!! Vamos criar mais um fórum de debates da indústria gráfica!

Tópicos recentes

Feeds


%d blogueiros gostam disto: